Logo do Site

27 03 microbiologia noticiaEm comemoração ao centenário do periódico científico Journal of Dental Research (JDR), uma das mais renomadas revistas científicas na área da pesquisa odontológica e biologia oral, as professoras Ana Paula V. Colombo, professora Titular do Dep. de Microbiologia Médica (IMPPG), e Anne Tanner, pesquisadora sênior do The Forsyth Institute/Harvard School of Dental Medicine em Cambridge (MA, EUA) fazem uma retrospectiva histórica a respeito do progresso no nosso entendimento sobre a complexidade do biofilme dental e seu papel na saude oral, bem como na cárie e doenças periodontais e peri-implantares. Nessa abordagem, as autoras relatam como a evolução tecnológica mudou e vem impactando conceitos de etiologia microbiana das doenças orais. Em entrevista (disponível no podcast abaixo) com um dos editores associados da JDR, Nick Jakubovics, pesquisador sênior da Universidade de Newcastle (Reino Unido), as autoras comentam sobre alguns tópicos de relevância sobre o tema abordado no artigo.

Confira AQUI o artigo

Confira AQUI o Podcast

08 02 microbiologia noticia projetoshellPor Andréa Pestana

Em nota do dia 23 de janeiro, Shell Brasil anunciou parceria com duas universidades brasileiras, UFRJ e USP para desenvolvimento de projeto com objetivo de estudar e entender melhor a vida e o ecossistema em águas profundas.

Na UFRJ a equipe do laboratório LEMM, coordenada pela professora Raquel Peixoto trabalhará em parceria com a equipe da USP na realização de expedições pela costa sudeste do Brasil.

Cabe a equipe da UFRJ, com o apoio da Universidade de New South Wales, de Sydney, na Austrália, mapear a diversidade de corais e esponjas e acompanhar suas adaptações ao ambiente de mar profundo, e como respondem às mudanças ambientais. Para tanto, será construído um sistema avançado de aquário, “Deep Sea Simulator”, que simulará e manipulará as condições encontradas no fundo do mar. Em um segundo momento, os pesquisadores desenvolverão probióticos com consórcios microbianos benéficos (BMC, na sigla em inglês), que permitirão que os corais lidem melhor com estressores ambientais, incluindo alterações climáticas.

Os pesquisadores contarão com uma embarcação dotada de equipamentos de alta tecnologia, dentre eles, um veículo de operação remota (ROV, na sigla em inglês).

A maior preocupação da empresa é garantir ao projeto uma dinâmica que respeite o meio ambiente e sua preservação, segundo Aly Brandenburg, gerente geral de tecnologias de subsuperfície da Shell Brasil.

Tornar nossas operações mais seguras e garantir a preservação da vida marinha sempre foram questões fundamentais para a Shell Brasil. Agora, com esse projeto, poderemos ir além, ajudando toda a indústria na compreensão desse ecossistema tão específico e pouco acessível, garantindo que ele seja conservado”.

Os pesquisadores do Instituto Oceanográfico da USP irão procurar e monitorar sistematicamente as exsudações de petróleo e gás natural e as suas consequências para o ecossistema.

As novas informações reunidas no projeto e as inovações decorrentes dele contribuirão para melhor compreender as fronteiras biológicas da vida no fundo do mar e assegurar a sua preservação para as gerações futuras.

1007 noticiaA Revista Micro in Foco nº 34, da Sociedade Brasileira de Microbiologia, traz uma matéria sobre o grande problema que estamos atravessando do ressurgimento dos casos de sarampo, além de outros assuntos de grande interesse como o estudo da graduanda, Julianna Camille, sobre a confecção de um glossário sobre Microbiologia para a Linguagem Libras para surdos. Confira!

Para acessar o pdf da Micro in Foco nº 34, clique aqui.

  • sbctacnpqfaperjcapespetrobrassbm
  • rede de tecnologiafinep 2agencia de inovacaosebraeembrapanpi
  • projeto coralperiodicosCurta Logo Print 2cienciacommicrobios
Topo