Logo do Site

MicroNews

Apresentação

Esse novo veículo de informação trará comunicados breves de forma ágil, com objetivo de aumentar o fluxo de informação no Instituto e incentivar a participação com envio de notas informativas para aumentar a interação entre seus diferentes públicos que copõem eu corpo social.

MICRONEWS será produzido quinzenalmente, dessa forma, as notas podem ser enviadas para o e-mail: micronews@micro.ufrj.br. Importante reforçar que trata-se de um informativo interno, que veiculará informações que impactam o cotidiano do Instituto. 

No entanto, caso haja interesse dos departamentos em trabalhar alguma informação, direcionando-a para os veículos das empresas de comunicação, “grande mídia”, será necessário que coloque essa observação no e-mail, indicando os melhores horários para responder a esses veículos e um número de contato.
A assessoria de comunicação do IMPG acompanhará todo o trabalho de divulgação, e o apoio à entrevista, caso o pesquisador julgue necessário.

Alane Beatriz Vermelho
Direção IMPG
Andréa Pestana C. Freitas
Assessoria de Comunicação IMPG


feira de inovacaoEstão abertas as inscrições para a participação na Feira de Inovação Biotecnológica do IMPG que ocorrerá em setembro de 2018. Os interessados devem procurar a Coordenação de Comunicação para preenchimento de protocolo com as informações sobre o tipo de material que deseja expor na feira e demais possíveis participações, como em workshops e/ou seminários temáticos.

O período de inscrição será do dia 4 de junho ao dia 6 de agosto de 2018.

Contato para maiores informações: andreapestana@micro.ufrj.br / pestana06@gmail.com

ufrj 1Foto: Jean Souza - CoordCOM/UFRJ

A UFRJ realizou nesta terça (12/12) uma cerimônia para marcar a aposentadoria coletiva de aproximadamente 70 servidores. O evento organizado pela Pró-Reitoria de Pessoal (PR-4) foi uma forma de agradecimento às pessoas que dedicaram boa parte de suas vidas à universidade. Muitos trabalharam na UFRJ por mais de trinta anos e continuarão a cooperar de forma voluntária em projetos da instituição

Dentre os homenageados estavam três servidores do IMPG: Professor Fernando Portela Câmara, Maria da Graça da Silva Vaz e Patrícia Hodos.

Esta cerimônia é um imperativo ético, político e social”. - Roberto Leher

fernando 2Fernando Portela Câmara

Fernando Portela Câmara, mestre e doutor em Ciências, formou-se em Medicina em 1975 e é professor associado do Instituto de Micro­biologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde foi chefe do setor de Epidemiologia de Doenças Infecciosas. Autor do blog Genes, Populações e Epidemias (www.popdinamica.blogspot.com). Desenvolveu pesquisas em genética e epidemiologia molecular de vírus e bactérias, sobrevivência de patógenos no ambiente e doenças emergentes no Brasil. Seus trabalhos sobre febres hemorrágicas, dinâmica das epidemias, evolução da virulência e genética de populações têm servido de referência em cursos de Microbiologia. É considerado um expert em bioguerra, tendo proferido palestras para cursos da Fundação Nacional de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro, da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública.

Seus trabalhos mais recentes sobre a epidemiologia da dengue no Rio de janeiro e da febre amarela silvestre são considerados referências internacionais com numerosas citações.

Fonte: Editora e-paper

patricia mariaPatrícia Hodos e Maria da Graça da Silva Vaz em cerimônia da Reitoria

Patrícia Hodos atuou na secretaria da Pós-graduação, do Departamento de Imunologia e Departamento Pessoal.

Maria da Graça da Silva Vaz, mestre emBiologia atuou junto ao prof. Fernando Portela no Departamento de Epidemiologia.

O corpo social do IMPG reconhece e agradece a importante contribuição e dedicação com cada uma dessas pessoas, nas suas respectivas áreas, destinou ao Instituto e aproveita para tornar público o seu agradecimento aos professores recém-aposentados.

ccsA direção da Biblioteca do Centro de Ciências da Saúde solicitou a direção do instituto que delegou esta responsabilidade aos especialistas nos assunto, os professores Sérgio Fracalanzza e Kátia Regina dos Santos (vice-diretora do IMPG), uma avaliação sobre o nível de contaminação microbiana em seus ambientes.

Professor Fracalanzza, após coleta de grande quantidade de material de diferentes lugares da Biblioteca, utilizando técnicas de ponta e análise minuciosa, definiu a situação como alarmante, dado à quantidade e diversidade de fungos coletados em seus ambientes: subsolo, local dos escritórios, sala de refeição de seu corpo técnico, entrada e auditório.

 

Seria necessária uma desinfecção geral, rearrumação do seu acervo, recuperação de seus espaços e investimento em sistema apropriado de ventilação.

collage fungos

Placas com fungos coletados na Biblioteca do CCS

O Prof. Fracalanzza reforçou a importância de que todo o Centro de Ciências da Saúde se mobilize para que a recuperação do espaço da Biblioteca leve menos tempo possível. Segundo o professor, o investimento inicial será elevado, posto que a recuperação de todo o acervo da Biblioteca, levando-se em conta as obras raras, representa pelo menos, dois mês de trabalho ininterrupto.

Importante esclarecer que o ambiente propicio para os fungos é justamente onde existe acúmulo de papéis, no entanto, a simples presença de fungos não coloca em risco a saúde das pessoas. Somente quando se observa uma grande quantidade de fungos, que se proliferam na umidade e na poeira, é que se deve realizar uma análise do ambiente para verificar se existe a presença de fungos patogênicos, que põem em risco a saúde dos que frequentam esses ambientes.

A parceria entre o IMPG e a Biblioteca do Centro de Ciências da Saúde seguirá após a recuperação do ambiente, por meio de análises mensais e acompanhamento do índice de fungos em seus espaços.
O relatório com as análises levantadas pelo IMPG será entregue à Decania do centro de ciências da saude.

  • sbctacnpqfaperjcapespetrobrassbm
  • rede de tecnologiafinep 2agencia de inovacaosebraeembrapanpi
  • projeto coralperiodicosCurta Logo Print 2
Topo